Retrospectiva 2013

Esse ano foi o pior e o melhor ano da minha vida. Pior porque conheci sentimentos que até então eram totalmente desconhecidos por mim e vivi momentos de medo, angústia, ansiedade, solidão, tristeza e depressão. Tudo isso, deitada numa cama, sem saber o futuro, mas com uma única certeza: Deus faria o melhor.

Esperar o Davi, da forma que eu esperei, foi a experiência mais profunda que vivi. Eu mudei. O Léo mudou. Mas graças à Deus o Davi nasceu e valeu cada minuto naquela cama.

Relembrando esses momentos, reli o meu diário do repouso e resolvi colocar aqui algumas partes:

"Não tenho palavras para descrever. Zero. Nada me vem a mente, quando quero falar o que tá guardado aqui dentro. Teve um dia nessa semana que não aguentei e tentei expressar pro Léo a minha angústia e desespero. Falei que me sinto numa solitária. Não posso sair do quarto e tenho que ficar deitada. As contrações só aumentam..."

"Que sono! Acordo cedo com o Léo, tomo café e o sono me pega...acho que é o remédio para as contrações que me deixa nessa malemolência. Ontem terminei a lista do enxoval para ser comprado nos eua pelas avós. Agora, ficarão faltando as coisinhas do Brasil mesmo, mas isso posso comprar pela net."

"Confesso que ando meio deprê, sem vontade de fazer nada. Rá! Como se eu pudesse fazer algo, né? Enfim, a vontade é de sumir mesmo. E se eu falo isso em voz alta, sou ingrata e uma péssima mãe, certo? Por isso escrevo aqui...onde não há julgamentos. Ontem o dia foi complicado por causa do meu intestino, pra variar. Tive cólicas o dia todo, à noite tive aquela dor nas costas, mas só durou uns dois minutos. Hoje eu estou cansada...Tenho dores o dia inteiro e passo boa parte das horas tentando digeriri aquilo que comi, já que não saio da cama, está tudo muito lento.
Hoje tiramos uma foto da barriga e levei um susto quando me vi na câmera. Estou magra, branca e feia."

"Hoje é sábado e percebi que não escrevo desde quarta-feira...por incrível que pareça passou rápido!
É carnaval e o Léo ficará comigo até quarta-feira, uhuuuuu! Hoje acordei bem, depois de um dia não muito bom... Ontem foi aniversário da minha sogra e cantamos Parabéns pelo skype! Depois do episódio do hospital, o Léo não quer me deixar sozinha nem um minuto, então minha mãe e sogros se revezaram para me fazer companhia nesses últimos dias. Acho que por isso nem escrevi no diário. Mas os dias estão parecidos, sem novidades, o que é muito bom na minha condição. 
Tem dias que bate um desespero, por não saber do futuro, não saber o que está acontecendo aqui dentro....dá até raiva da medicina não ter evoluido ao ponto de resolver um descolamento de placenta e um colo curto! Como pode? São capazes de gerar uma vida, mas não conseguem tratar uma doença tão comum? 
Sinto saudades de passear com o barrigão...
Tive umas três contraçoes já hoje. Total: 7"

"Quase 32 semanas! Nem acredito...parece um sonho chegar até aqui. Para as gravidas normais isso pode parecer bobeira...mas 32 é um marco em uma gravidez de risco. Afinal os pulmoes estão mais maduros! Estou bem melhor psicologicamente. Já estou mais conformada com a minha gravidez (agora que está quase acabando, mas antes tarde do que nunca), a maior causa do meu sofrimento é o fato de não ter curtido a gravidez como muitas mulheres, pois sempre soube que o Davi estava bem, nunca tive dúvidas! Então o problema é mais a minha cabeça do que qualquer outra coisa. No momento nem penso em ter outro filho....mas me dói saber que talvez passe por tudo isso de novo! 
Enfim, estou muito feliz de ter o Davi aqui comigo, no lugar onde ele deve estar. Estou ansiosa para sair do repouso e cuidar das coisinhas do meu filho..."


Mas Deus reservou o melhor para nós em 2013 e Davi nasceu. Nasceu antes da hora, mas com saúde. Hoje está aí, cheio de energia, sorridente e saudável.

O pior. O melhor. 2013 foi O Ano.

E que 2014 seja o melhor, somente o melhor!

Um Feliz Novo!

Bjs

2 comentários:

  1. Ô amiga, vc é uma guerreira. Acho que qq mulher na sua situação sofreria da mesma forma. Vemos tantas mulheres com gravidez tranquila, que não sentem nada e muita gente pensa que todas são assim. Mas a verdade é que tem bastante gente que sofre como você para realizar o sonho de ser mãe. No fim acho que mesmo com todo o sofrimento compensa né? Ver o Davizinho hoje lindo, esperto com saúde e alegre! É uma dádiva de Deus. 2014 com certeza será de mta alegria e você poderá curtir seu baby ao máximo. Tudo de bom pra você, pro Leo e pro Davi. Muito amor, saúde e união. Mil bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Quem bom te ver aqui! Com certeza o saldo de 2013 foi muuuuuuito positivo, né? Passaria por tudo de novo. Tanto é que se Deus permitir, teremos outros filho e passarei por tudo novamente. Com alegria! Que vc tenha um 2014 muito feliz e cheio de realizações! Bj

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acompanhe via email

Digite seu endereço de email:

Testei por Você © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto