A mala da maternidade

Quando lia na internet sobre o momento de arrumar a mala da maternidade, imaginava que esse deveria ser um momento mágico, como uma festa. Aqui não teve nada disso. Eu via aquelas fotos de saquinhos de roupas, todas "combinandinho", uma manta por conjunto...e eu em repouso só pensava: como vou conseguir combinar mijao, body, macacão, luva, meia, gorro, fralda de boca e manta?
Não fui eu que comprei as roupinhas do Davi, essa tarefa foi delegada às avós, ou seja, cada uma comprou um pouco do enxoval. Claro que eu fiz uma lista com o número de roupinhas e respectivos tamanhos. Porém na época em que elas viajaram para os EUA (Abril) não havia mais roupa de inverno para bebês (fica a dica). Não tinha nenhum macacão de plush, pra vocês terem uma ideia, tinha somente de algodão e atoalhado. Desse modo tive que recorrer as lojas brasileiras (aquela facada no peito) e comprar algumas roupinhas de inverno, aliás que RN gigante é esse que nasce no Brasil? As roupas são gigantes comparadas com a dos EUA e tudo indica que o Davi nascerá pequeno, portanto as roupas ficarão largas por um tempo. Tudo bem até aí, nada que o tempo não resolva. Devido a minha situação, o ideal seria estar com tudo pronto até as 30 semanas, o que obviamente não ocorreu. Primeiro minha mãe teve que buscar todas as roupinhas aqui em casa para lavar na casa dela, até secar, passar e voltar pra cá, se passou 1 semana. Quando chegou aqui, acho que o repouso absoluto me fez adiar um pouquinho mais a tarefa...enfim esperei completar 34 semanas, quando minha médica me liberaria para andar aqui em casa.

Sim, esse dia chegou, dia 5/5 completei as tão desejadas 34 semanas de gestação! Mas no último ultrassom vimos que o meu colo do útero, que havia aumentado, diminuiu novamente. A médica me liberou sim, com ressalvas. E mesmo estando "meio" liberada, não me sinto bem para fazer algumas coisas, tenho medo. Medo de sangrar novamente, medo da bolsa estourar ou sei lá mais o que pode acontecer. Enfim, me dei ao luxo de caminhar até a cozinha e ao quarto do Davi, nada mais.
Então hoje resolvi arrumar a famosa mala da maternidade. Depois de pegar umas dicas com uma amiga que acabou de ter bebê no São Luiz (onde terei o Davi), achei que estava pronta para essa tarefa. E estava. Não teve nada de mágico...foi rápido e não deu tempo de pensar. Fui pegando os macacões, a maioria cinza por sinal (minha cor favorita), e montando os conjuntinhos com um mijão e um body (a maioria branco). Montei os 6 kits solicitados. Peguei as luvinhas que tinha e mesmo sem combinar distribuí nos kits. As meias conseguir combinar. Uma manta por conjunto? Vai sonhando...separei uma manta de tricot para a saída da maternidade, uma manta soft e uma de algodão, sendo que dessas três, duas são brancas que é para combinar com tudo. Mas já estou querendo comprar mais uma de algodão, dessa vez cinza, claro!
Deixei o macacão RN gigante comprado aqui no Brasil, como a sexta troca, assim talvez ele não precise usar. De resto, tudo simples e normal. Não teve fogos e nem vi arco-íris. Por um segundo até pensei em me emocionar com o momento, mas logo lembrei que não poderia demorar mais e tratei de terminar o serviço!

Grávida em repouso absoluto há quase 4 meses é isso...não tem tempo pra relaxar, curtir ou registrar o momento como deveria. Só penso em segurar o Davi aqui na barriga por mais um dia e nada mais, não dá tempo de se arrumar pra foto ou colocar uma roupa decente. Qualquer atividade extra, como se arrumar, cansa e é tempo perdido!

Mesmo assim consegui tirar essas fotinhas do celular, não são as melhores fotos, mas dá pra ter uma ideia da simplicidade e praticidade dos kits que montei. Sem frufrus, somente roupinhas confortáveis para quem estará conhecendo um mundo completamente novo!



20130510-170226.jpg

20130510-170351.jpg

20130510-170511.jpg

Somente a roupa da saída da maternidade que é mais do que especial, pois é do São Paulo Futebol Clube, para deixar o pai babão mais orgulhoso ainda!



20130510-170549.jpg

Além dos 6 kits pedido pela maternidade, separei ainda 2 toalhas, 5 fraldas de pano, 2 casacos de tricot, uma muda de roupa extra, 2 mantas e o kit higiene com pente, escova, cortador de unhas e chupeta.

A mala ficou cheia, mas eu tinha espaço de sobra. Como não fui nada convencional desde o começo, a mala escolhida é daquelas pretas de rodinhas mesmo, minha mãe lembrou que tinha essa mala novinha e achei o tamanho perfeito, além de ser super fácil de carregar.


20130510-173719.jpg

Fiquei satisfeita e agora mais tranquila!

Bjs,
Van ;)

8 comentários:

  1. Oiii!
    Menina tbm não comprei boa parte das minhas coisas...
    E vou te ser sincera Caio nasceu no São Luiz tbm e minha mala tinha todas essas coisas que eles colocaram na lista e nem se preocupe ele não usou a maioria dos kits!
    Usou o de estreia, mais dois e a saída de maternidade... As toalhas não usou nenhuma! E olha que na lista deles pede 4 (levamos 2 e não usou!)
    Enquanto ele estava no quarto ele ficou sou de body pq o preguiça não queria mamar então tentamos de tds as formas!
    A mala de rodinhas é a coisa mais prática mesmo...
    Pede para alguém fotografar para vc cada cantinho... cada gavetinha arrumada... Berço prontinho só aguardando o morador mais lindo do seu mundo eu não pude fazer isso e me arrependo para ter de recordação...
    34 semanas! Que maravilha!! Sei o quanto custou a passar, mas agora já está na reta final... Que emossaum e quanto amor não está emanando para essa mamãezinha hein?!
    Te desejo um primeiro dia das mães lindo e maravilhoso, mas que seja com Davi no forninho ainda!!!
    Bj <3

    ResponderExcluir
  2. Van... Adoro sua praticidade e de boa, nada melhor que roupinhas confortáveis e neutras, né? Amooooo!!
    Cinza e amarelo, qts vezes falamos dessas cores, não? E na época a preocupação era achar uma tinta que não te fizesse mal. Ahhh, a vida pregando peças e dando risada da nossa cara. Hahaha, só rindo muito.
    O importante é que tudo deu certo e esse ano vcs poderão comemorar um lindo dia das mães (motivos é o que não falta). Deixa a emoção para a chegada desse garotão e para todas as fofices que estão por vir.

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Que Deus abencoe muito vcs tres! Bj

    ResponderExcluir
  4. Oi Má! Agora nessa reta final dá um nedinho do que ainda esta porvir, mas ao mesmo tempo estou aliviada por ter chegado até aqui! A lista do São Luiz é uma das mais enxutas e mesmo assimtem roupinha pra caramba, né? Minha amiga q teve bebê agora, disse q tb não usou nenhuma toalha! Só to levando porque tenho espaço msm...vou seguir suas dicas e tirar foto de cada cantinho do quarto, ainda mais q depois vai virar um caos...kkkkkkkk. Obrigada pela força e pelas dicas! Bjs, Van ;)

    ResponderExcluir
  5. Minha praticidade beira a simplicidade, né? Kkkkkk. Realmente as nossas preocupações mudam...kkkkkk. Mas o quartinho ficou cinza, amarelo e turqueza, isso não mudou! Hehehe. Com certeza vou guardar a emoção pra depois! Bjs, Van ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi! Tudo bem? Obrigada. Bjs, Van ;)

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa
    Estou amando o seu blog! Tantas coisas compartilhadas, mostrando a vida como ela é!
    Pretendia ir aos EUA em abril comprar o enxoval do meu baby (que vai nascer no final de julho) e vi a sua informação de que em abril não tem mais roupa de inverno. Será que em março ainda tem? Nao tenho como viagar antes.

    Obrigada

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acompanhe via email

Digite seu endereço de email:

Testei por Você © Copyright 2013. Desenvolvido por Elaine Gaspareto